P.M.F.R.  Avaliação de Desempenho

A Avaliação de Desempenho dos Servidores Efetivos iniciará pelos servidores  da  SECRETARIA DE GOVERNO.

Consulte o Cronograma para saber quando a Avaliação de Desempenho terá inicio na sua Secretaria.

10 vantagens da implantação da Avaliação de Desempenho no setor público. 

1) Promover a melhoria da qualidade dos serviços públicos prestados aos usuários contribuintes do município;

2) Promover a comunicação e a interação entre líderes e liderados

3) Capacitação e desenvolvimento profissional dos servidores

4) Reconhecimento e valorização do agente público

5) Mensurar o nível de dificuldade no desenvolvimento das atividades exercidas

6) Subsidiar o planejamento institucional , visando o cumprimento e o aprimoramento das metas fixadas anualmente

7) Subsidiar a política de gestão de pessoas no que se refere ao dimensionamento, captação e manutenção dos servidores públicos nos quadros funcionais

8) Propiciar o mapeamento das demandas que permitam o aprimoramento das estruturas organizacionais

9) Fornecer elementos para o constante aprimoramento das condições de trabalho 

10) Medir de forma clara e eficiente o nível de assiduidade dos servidores

Andressa Santos - Diretora de Recursos Humanos.

CRONOGRAMA - PRÓXIMAS ATIVIDADES


PERGUNTAS FREQUENTES:


1. O que é uma Avaliação de Desempenho?

A avaliação de desempenho é uma ferramenta norteadora, normatizadora e determinante para o alcance da eficácia na prestação dos serviços públicos de forma a incentivar o desenvolvimento do servidor público, já que permite um olhar cuidadoso em relação às atividades que estão sendo desenvolvidas, à forma como o profissional está conseguindo desempenhá-las e, também à maneira como é percebido por seus superiores.

2. Qual a legislação que prevê a Avaliação de Desempenho para os Servidores Públicos Efetivos?

A Avaliação de Desempenho do Servidor Público (ADSP) está prevista na "Lei Complementar 252/2016" que dispõe sobre o plano de cargos e salários dos Servidores Públicos Municipais de Franco da Rocha e regulamentada por meio do Decreto n°2848/2020.

3. Qual o objetivo da Avaliação de Desempenho para os Servidores Públicos Efetivos?

A Avaliação de Desempenho do Servidor Público (ADSP) é o processo sistemático e contínuo de acompanhamento e aferição do desempenho do servidor público e tem por objetivos:

  • alinhar a atuação individual com os objetivos institucionais;
  • valorizar e reconhecer a eficiência do agente público;
  • identificar pontos fortes e oportunidades de melhoria no desempenho do servidor público, visando a implementação de ações de desenvolvimento;
  • promover a comunicação e interação entre os gestores e suas respectivas equipes com relação aos resultados esperados, garantindo o acompanhamento frequente e o desenvolvimento da cultura do feedback;
  • assegurar que o desempenho do agente público seja avaliado de maneira consistente e com aprimoramento constante.



4. Para qual finalizada será usado o resultado da Avaliação de Desempenho?

O resultado da Avaliação de Desempenho do Servidor Público (ADSP) será utilizado:

I - para identificar necessidades de capacitação e desenvolvimento profissional;

II - como pré-requisito para a concessão das progressões profissionais previstas na Lei Complementar nº 252/2016.

5. Qual será a periodicidade da Avaliação de Desempenho para os Servidores Públicos Efetivos?

A Avaliação de Desempenho do Servidor Público (ADSP) será realizada anual, considerando o período de 12 meses anteriores ao período avaliativo.

6. Quais os casos em que NÃO haverá Avaliação de Desempenho para o Servidor Público Efetivo?

Não serão avaliados os Servidores Públicos Efetivos que estiverem nas seguintes situações:

- excluídos do quadro funcional no período avaliativo;
- em estágio probatório;
- licenciados, conforme Decreto nº 2848/2020 - Art. 07º e Art. 08º das Disposições Preliminares, que estiveram afastados por período superior a 50% (cinquenta por cento) do período abrangido pela avaliação;

7. Como será avaliado o indicador de Assiduidade do Servidor Público Efetivo?

O resultado da assiduidade será obtido mediante a adoção do critério relacionado ao índice de frequência anual do Servidor/Agente Público ao trabalho, o qual deverá ser calculado na seguinte conformidade:

I - Não possuir, durante o interstício, mais de:

a) 18 faltas, abonadas e/ou justificadas;

b) vinte atrasos ou saídas antecipadas, abonados e/ou justificados.§1º Todos os servidores públicos terão a nota 0,00 para assiduidade, sendo que ao não cumprimento do item I do art. 7º deste anexo, no período avaliativo, terá descontado 50 pontos da sua pontuação obtida no somatório da nota da avaliação funcional e nota da meta organizacional conforme descrito acima no art.1º, §4º, subitem I deste decreto.


RODAS DE CONVERSAS - 

Secretaria de Governo:

    • Foram realizadas 04 Rodas de Conversas com servidores da Secretaria de Governo no mês de Fevereiro/2020.

    • Registramos algumas imagens, conforme publicação abaixo:

Secretaria da Saúde:

  • Foram realizadas 03 Rodas de Conversas com líderes da Secretaria da Saúde no mês de Setembro/2020.
  • Registramos algumas imagens, conforme publicação abaixo:

Secretarias da Cultura, Gestão de Pessoas, Jurídico e Fazenda:

  • Foram realizadas 02 Rodas de Conversas com líderes das Secretaria que compõe o Grupo III no mês de Outubro/2020.
  • Registramos algumas imagens, conforme publicação abaixo:

Secretarias de Assistência Social, Esporte e Gabinete:

  • Foram realizadas 02 Rodas de Conversas com líderes das Secretaria que compõe o Grupo IV no mês de Novembro/2020.
  • Registramos algumas imagens, conforme publicação abaixo: