As três perguntas que você deve fazer para saber se está preparado para o eSocial em 2018

27/09/2017

Sobre o eSocial, arriscamos a dizer que será a maior revolução de informações em que os profissionais de RH e Administração Pública enfrentarão.

Como sabemos, o eSocial não traz novidades nas legislações, as regras continuam as mesmas, mas torna as informações dinâmicas, no tempo exato em que acontecem. Será um novo aprendizado, desde a admissão de um colaborador até o parecer do médico perito da Previdência Social.

A admissão terá que ser imediata, bem como todos os eventos que forem ocorrendo, como as férias, trocas de funções, acidentes de trabalho e demais afastamentos.

O sistema de folha será o menor dos problemas da área, mas a alimentação dos dados, principalmente daqueles que não tem interligação deverão ter análise minuciosa. Uma vez enviada a informação, poderá deixar o orgão fragilizado quanto a multas e fiscalização.

Uma situação bem típica são os peritos da previdência, pois o projeto em sua essência acabará cm o papel e fará com que a decisão do médico seja alimentada de forma instantânea no sistema, confrontando com as informações já geradas pela empresa.

Entender a funcionalidade sistêmica de cada Tabela do eSocial (não estamos falando aqui sobre o software), fará com que os profissionais de RH e Administração de Pessoal possam enviar as informações a plataforma com a qualidade e segurança atendendo a situações bem específicas e prazos bem apertados.

Nesse ponto, mudar os hábitos e rotinas na Empresa/Instituição será um grande desafio.

Profissionais da Administração Pública tem que responder a estas três perguntas:

  • Seu órgão precisa manter a CND - Certidão Negativa de Débitos ^limpa^ a fim de evitar bloqueio em recebimento de Fundos de Participação, Convênios e Subsídios?
  • Você gostaria de responder a processos administrativos sobre multas e declarações acessórias enviadas fora do prazo?
  • Você sabe com detalhes o que é o eSocial e como isso vai afetar seu trabalho no órgão público em que trabalha?

Se respondeu SIM a primeira pergunta e NÃO à segunda e terceira pergunta, montamos este curso para você.

http://www.enablepeople.com.br/como-implantar-esocial-no-orgao-publico-de-forma-segura-e-sem-riscos/

Órgãos Públicos tem particularidades que são diferentes quando há a mesma obrigação na empresa privada.


(Parece que toda a Legislação criada aguardava um eSocial para ser cumprida) - José Maia - MTE